You are currently viewing O Outono e a Depressão

O Outono e a Depressão

Com o regresso às nossas rotinas, os dias mais curtos e o Outono à porta, começamos a sentirmo-nos mais melancólicos. Começa a surgir a vontade de procurar o aconchego, de algo que nos aqueça, que nos acolha. No entanto, para algumas pessoas, este estado pode levar a uma depressão.

Como sintomas principais podemos encontrar a falta de energia e a tristeza. As pessoas também se podem sentir mais irritáveis, tristes, chorar com mais facilidade, mais cansadas, apáticos, com dificuldades de concentração associadas e podem até dormir mais do que o normal. A falta de energia pode levar a uma diminuição dos níveis de atividade, levando a uma diminuição da socialização. Pode haver um aumento do apetite, nomeadamente por alimentos ricos em hidratos de carbono e açúcar como se estes pudessem compensar a carência e a tristeza que a pessoa sente no momento, levando por consequência para o aumento de peso.

É importante um diagnóstico atempado, mas a falta de apoio às pessoas com patologia a psiquiatria, e o estigma que ainda existe, dificultam muitas vezes a procura do tratamento de que necessitam.

Os principais sintomas que podem ser apresentados são:

  • Angústia, tristeza, desinteresse e apatia
  • Irritabilidade
  • Fadiga, cansaço e perda de Energia
  • Perturbação do sono
  • Alterações na Concentração
  • Sentimentos de frustração, de falta de confiança e de autoestima
  • Sentimentos de culpa
  • Falta ou excesso de Apetite
  • Preocupações recorrentes
  • Diminuição do desejo sexual
  • Manifestação de sintomas físicos, como dores musculares, dores abdominais, entre outros

A ajuda da Psicologia Clínica poderá ser um excelente meio para a superação, controlo dos sintomas apresentados e, portanto, muito centrado nas necessidades de cada cliente, tendo sempre como objetivo o reencontro com o seu equilíbrio e bem-estar. A intervenção será feita num contexto individual.

A primeira sessão consiste na recolha de informação – anamnese, que consiste num momento onde a privacidade e individualidade de cada cliente será assegurado e respeitado.

Seja o seu agente de mudança, de ajuda e procure apoio especializado. Seja o principal a cuidar da sua Saúde Mental.

Dra. Ana Beça Silva
Psicóloga Clínica e da Saúde na OPFC